Publicidade

Desde a Revolução dos Cravos, em 1974, Portugal tem passado por profundas mudanças sociais, políticas e económicas que tiveram um impacto significativo no papel das mulheres na sociedade portuguesa. Neste artigo, vamos explorar o papel das mulheres na liderança das empresas em Portugal desde 1974, analisando a sua evolução e a influência que elas têm nas organizações. 

Publicidade
Evolução do Papel das Mulheres na Liderança das Empresas em Portugal

Antes da Revolução dos Cravos, o acesso das mulheres a cargos de liderança e tomada de decisão nas empresas em Portugal era extremamente limitado. Num contexto social conservador, muitas mulheres eram relegadas a papéis secundários e as suas oportunidades de carreira eram escassas. No entanto, a nova realidade pós-revolução trouxe consigo uma maior igualdade de direitos e oportunidades para as mulheres.

Com a aprovação da Constituição Portuguesa em 1976, que garantiu a igualdade de género, as mulheres começaram a romper barreiras e a ocupar posições de destaque nas empresas. No entanto, é importante destacar que a mudança não ocorreu da noite para o dia e que ainda existem desafios a serem superados.

Utilizando dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), podemos observar uma tendência de aumento progressivo da representação feminina nos cargos de liderança das empresas em Portugal ao longo das últimas décadas. Em 1974, apenas cerca de 4% dos cargos de gestão de topo eram ocupados por mulheres, enquanto em 2020 esse número aumentou para cerca de 25% (dados do INE).

A influência das Mulheres nas Organizações Portuguesas

A presença das mulheres na liderança das empresas em Portugal trouxe consigo uma série de benefícios e contribuições positivas para as organizações. Estudos têm demonstrado que empresas com uma maior representação feminina em cargos de liderança têm um desempenho financeiro e uma competitividade superiores, graças à diversidade de perspetivas e habilidades trazidas pelas mulheres.

As mulheres líderes têm demonstrado serem habilidosas na promoção de uma cultura organizacional inclusiva e colaborativa, valorizando a diversidade e estimulando a participação de todos os membros da equipa. Além disso, elas têm se mostrado mais propensas a adotar práticas sustentáveis e responsáveis, tendo em conta a importância do impacto social e ambiental das empresas.

Sheer: Um Exemplo de Empresa Liderada por Mulheres em Portugal

Um exemplo inspirador de empresa liderada por mulheres em Portugal é a Sheer. A sua liderança tem uma abordagem inovadora e sustentável dos negócios, valorizando a transparência, o respeito e a diversidade. A Sheer destaca-se pela sua visão progressista e por adotar práticas que promovem a igualdade de oportunidades dentro da organização. Além disso, a Sheer também busca parcerias com outras empresas lideradas por mulheres, visando fortalecer a rede de apoio e promover uma maior representatividade feminina no mundo dos negócios.

Conclusão

Desde a Revolução dos Cravos, o papel das mulheres na liderança das empresas em Portugal tem evoluído de forma notável. Mulheres têm conquistado cada vez mais posições de destaque e influência, contribuindo para um ambiente empresarial mais diversificado e inclusivo. A empresa Sheer é um exemplo inspirador de como uma liderança feminina forte pode impulsionar o sucesso e a sustentabilidade dos negócios.

No entanto, apesar dos avanços, ainda há desafios a serem enfrentados para garantir a igualdade plena de gênero nas empresas portuguesas. É essencial que as organizações continuem a promover uma cultura de igualdade e oportunidades para que mais mulheres possam ocupar posições de liderança. Dessa forma, poderemos consolidar uma sociedade mais justa e próspera, onde as mulheres tenham um papel de destaque nas organizações.

Referências: Instituto Nacional de Estatística (INE)